Topo

Em sabatina, Fachin dirá que é contra a legalização do aborto

Fachin "treinou" com assessores de líderes da base antes de sabatina - Divulgação
Fachin 'treinou' com assessores de líderes da base antes de sabatina Imagem: Divulgação

Em Brasília

12/05/2015 07h20

Luiz Edson Fachin recebeu na segunda-feira (11) um líder de partido da base aliada - que pede para não ter o nome revelado. Entre as questões tratadas com o advogado estava um artigo publicado em 1986 sobre a reforma agrária no Brasil.

Fachin sinalizou que adotará o discurso de que o contexto social da época era um e que hoje, é outro.

Também foram passadas respostas sobre legalização do aborto e maioridade penal. Sobre o primeiro item, o advogado afirmou que, "como cristão", se posicionará contra.

Em relação à redução da maioridade, a tendência é ele mostrar prós e contras e ressaltar que a decisão cabe ao Congresso.

Fachin foi orientado a dar respostas curtas, sem precisar citar a legislação ligada ao tema. Na saída da reunião, abordado pela reportagem, o jurista falou resumidamente sobre os temas polêmicos a que deverá responder na sabatina. "Vamos enfrentá-los."

As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias