PUBLICIDADE
Topo

Projeto de desonerações deve ser concluído só na outra quinta, prevê Cunha

Em Brasília

18/06/2015 14h07

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), previu nesta quinta-feira (18) que a votação do projeto que revê a política de desonerações da folha de pagamento só será concluído na próxima quinta-feira (25). O governo já retirou a urgência das medidas do pacote anticorrupção, o que abre caminho para votação, na tarde desta quinta, da medida que integra o ajuste fiscal.

"Eu sinceramente acho que não acaba (a votação hoje). Pela minha experiência, não vai acabar, vai acabar quinta-feira que vem", declarou. O próprio líder do governo na Casa, José Guimarães (PT-CE), acredita que a apreciação do projeto se estenderá para a próxima semana. "Hoje vota no mínimo o texto principal", afirmou.

Cunha disse que não haverá obstrução da oposição e que o quórum está garantido. "O quórum a gente garante pelo bolso, não precisa se preocupar, não", respondeu o presidente, se referindo à possibilidade de corte dos salários de quem faltar à sessão.

A próxima semana será marcada por quórum baixo devido às festas juninas no Nordeste. Por isso, o projeto de interesse do governo não entrará na pauta de terça-feira (23), mas Cunha pretende pautá-lo para quarta e quinta-feira, de forma a garantir que a medida passe pela Câmara ainda em junho.