Litoral norte de SP atrai 1,5 milhão de turistas

Em Santos e Rio de Janeiro

O verão 2016 começou com força total no litoral paulista. A crise econômica, que deixou o preço dos pacotes internacionais menos atrativo, fez com que muita gente optasse por viagens mais curtas e feitas de carro, o que, com o calor, resultou em praias e hotéis lotados neste feriado prolongado. Em Maresias, São Sebastião, a ocupação passa dos 95%, segundo a Associação de Pousadas e Hotéis de Maresias. Em Santos e no Guarujá, os hotéis mais conhecidos já estão lotados e a previsão é de que a procura se mantenha até o carnaval.

Com temperatura em torno dos 30°C e sol forte, mais de 3 milhões de visitantes devem permanecer somente na Baixada Santista até domingo. As principais praias da região estão lotadas desde o começo da semana, mesmo com alertas da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), que classificou como impróprias para banho todas as sete praias de Santos. Em São Vicente, somente a faixa da Ilha Porchat foi aprovada. A avaliação foi feita entre os dias 28 e 29 de dezembro.

Em Praia Grande, as praias da Vila Mirim e da Vila Caiçara receberam bandeira vermelha, assim como Perequê e um trecho da Enseada, no Guarujá. O boletim completo mostra que 19 dos 163 trechos monitorados pela Cetesb estão oficialmente vetados para os banhistas. Ubatuba e Ilhabela completam a lista, com três pontos proibidos.

Segundo estimativa das prefeituras do litoral norte, cerca de 1,5 milhão de turistas também devem lotar Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela neste feriado.

Até mesmo as praias mais escondidas estão lotadas, como é o caso da Praia Deserta, em São Sebastião. Com um calor de 38ºC, turistas disputavam um lugar à sombra de uma única árvore existente no local nesta quinta-feira (31).

Na Martim de Sá, em Caraguatatuba, não era mais possível achar lugar na areia desde as 10 horas. "Andei muito para encontrar esse espacinho aqui", contou a secretária Ana Paula Freitas, de 22 anos, apontando para sua cadeira. "Amanhã vou vir mais cedo para encontrar lugar."

Com população quase quadruplicada na temporada, os quatro municípios do litoral norte se veem diante de produção de lixo em larga escala e descarte inadequado nas ruas. O verão nem bem começou e as lixeiras já estão transbordando em quase todas as praias de São Sebastião. Em Barequeçaba, o lixo fica na areia e acaba levado para o mar. Na Praia de São Francisco, há diversas residências sem coleta e, em Caraguatatuba, o problema foi constatado nas praias Martim de Sá, Prainha, Indaiá, Porto Novo, Massaguaçu, Cocanha e Mococa. A situação é semelhante em Ilhabela.

As assessorias de imprensa das prefeituras não foram localizadas nesta quinta-feira (31).

Copacabana

De acordo com a Riotur, 857 mil turistas estão no Rio para as festas de fim de ano. A movimentação na economia, conforme essa estimativa, é de US$ 686 milhões (R$ 2,7 bilhões). A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis-RJ estima que a ocupação dos hotéis de Copacabana e do Leme esteja em 90% e em 94% em Ipanema e no Leblon.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos