Diálogo deve superar disputas políticas para retomada do crescimento, diz Edinho

Brasília - O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, defendeu nesta quarta-feira, 6, que o diálogo deve superar as disputas políticas e partidárias e disse que o "Brasil precisa se defender de um possível agravamento da crise internacional".

"Se o diálogo vencer as mesquinhas disputas político-partidárias, se medidas de fortalecimento da economia forem aprovadas - repito, sempre de forma responsável -, o Brasil tem todas as condições de, em breve, retomar o crescimento, a geração de emprego e renda, voltando a ser exemplo de superação da longa crise econômica mundial", afirmou Edinho em artigo publicado em seu blog.

Para o ministro, além de iniciativas que levem à retomada do crescimento, é fundamental que o governo construa "uma agenda de consenso para que possa tomar as medidas necessárias na busca de maior eficiência e competitividade internacional".

A presidente Dilma Rousseff está preocupada com os problemas enfrentados na economia chinesa, que está afetando os mercados em todo o mundo, inclusive nos Estados Unidos e no Brasil. A preocupação do Planalto é grande porque a China é um grande comprador de commodities do Brasil e a economia americana está fortemente atrelada à chinesa, Qualquer problema que afete estes dois mercados atinge em cheio o Brasil.

Para o ministro, a instabilidade econômica internacional e a dificuldade de retomada do crescimento econômico globalmente mostram que a presidente está agindo corretamente tentando construir propostas que dinamizem a economia interna.

"O Brasil precisa se defender de um possível agravamento da crise econômica internacional. É necessário criar, de maneira responsável, mecanismos que possibilitem ao país superar este período de turbulências, com a força da nossa economia interna", escreveu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos