Sabesp: economia de água com bônus recua em dezembro

São Paulo - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou que a economia de água obtida por meio do programa de bônus em dezembro totalizou 5,6 mil litros por segundo, após atingir o patamar de 6,2 mil litros por segundo em novembro. A porcentagem de consumidores que reduziu o consumo ficou em 77% em dezembro, ante 79% em novembro.

"O volume economizado é suficiente para abastecer cerca de 1,8 milhão de pessoas, correspondente às populações somadas das cidades de Sorocaba, Osasco e Ribeirão Preto, aproximadamente", destaca a Sabesp, em nota. Segundo a companhia, em dezembro foram poupados mais de 14,5 bilhões de litros de água, o que equivale quase à capacidade total do Sistema Alto Cotia.

Dos 77% que reduziram o gasto de água no mês passado, 64% efetivamente ganharam o bônus concedido pela empresa aos consumidores que diminuíram o consumo hídrico no mês, enquanto os demais 13% não cortaram o gasto num volume suficiente para receber o desconto na fatura. Já a parcela de clientes que aumentaram o consumo foi de 23%, dos quais 14% pagaram sobretaxa - o restante não recebe o ônus por consumir o volume mínimo de 10 mil litros mensais.

Considerando todos os clientes que receberam bônus no mês passado, 53% reduziram o consumo em mais de 20% (faixa de bonificação de 30%), 5% diminuíram o uso entre 15% e 20% (faixa de bônus de 20%) e outros 6% tiveram um gasto de água entre 10% e 15% menor e ganharam bônus de 10%.

Tem direito ao benefício o cliente que baixar o gasto na comparação com a média do período de fevereiro de 2013 a janeiro do ano passado, antes da crise - é a mesma base utilizada para determinar a cobrança do ônus.

A partir do dia 1º de fevereiro de 2016, o programa passará por mudanças - a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) já autorizou a atualização do consumo de referência para o cálculo do bônus tarifário, aplicando-se o fator de atualização de 0,78 à média de consumo observada no período de referência de fevereiro/2013 a janeiro/2014. As demais regras do programa, incluindo o escalonamento das faixas de bonificação de 10%, 20% e 30%, conforme a economia obtida em relação ao consumo de referência atualizado, foram mantidas.

Balanço

A Sabesp também divulgou que os seis principais sistemas que abastecem a Região metropolitana de São Paulo (Cantareira, Alto Tietê, Guarapiranga, Alto Cotia, Rio Grande e Rio Claro) fecharam 2015 com um acréscimo de 402,13 bilhões de litros de água em relação ao verificado no término de 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos