Aeronautas e aeroviários decidem entrar em estado de greve

São Paulo - Aeronautas e aeroviários de Guarulhos, Porto Alegre, Campinas e Recife e das bases do Sindicato Nacional dos Aeroviários podem paralisar suas atividades a qualquer momento em aeroportos de todo o País, depois que foi decidido estado de greve por assembleias realizadas na noite de quinta-feira, dia 7. A decisão visa pressionar as empresas do setor para atenderem às reivindicações da categoria.

As assembleias aprovaram contraproposta salarial, que será apresentada às companhias aéreas no dia 14. Entre as reivindicações estão aumento salarial de 12%, sendo 10,97% de reposição da inflação referente à data-base de 1º de dezembro e 0,93% de ganho real. Também são pedidas elevação de 15% de pisos salariais e alta de 20% no valor da cesta básica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos