Médico é morto a tiros após deixar plantão no Rio

Rio - Um médico foi morto a tiros no início da noite de sexta-feira, dia 8, em Irajá, na zona norte do Rio. Helder Dias da Costa Tomé Júnior tinha acabado de sair do plantão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bangu, quando foi abordado por dois jovens armados. Ele foi baleado e morreu na hora.

De acordo com testemunhas, os assaltantes se aproximaram do carro quando o médico reduziu a velocidade para passar em um quebra-molas, na esquina das ruas Samoa e Coronel Teixeira. Eles disseram que os criminosos aparentavam ser menores de idade e atiraram depois de Helder Dias ter descido do automóvel.

A Delegacia de Homicídios da Capital instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte do médico. Em nota, a Polícia Civil informou que foi realizada perícia no local e imagens de câmeras de segurança estão em análise. "Agentes realizam diligências em busca de informações que ajudem nas investigações", diz o texto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos