Carlos Lupi diz que CPMF é inoportuna neste momento

Brasília - O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, avaliou nesta quinta-feira, 21, como "inoportuna" a recriação da CPMF neste momento. Em entrevista coletiva durante reunião do diretório nacional do partido, o pedetista ponderou, contudo, que esse não é um posicionamento oficial do partido, que há divergências internas sobre o assunto.

Lupi afirmou que sempre foi e continua sendo a favor da CPMF, mas ponderou não saber se a conjuntura atual, marcada pela recessão e fragilidade econômica, é o momento ideal para criar mais um imposto. "A CPMF é o imposto mais justo que existiu no Brasil. Mas, na minha opinião, é inoportuna neste momento", afirmou, ao lado do ex-ministro Ciro Gomes, que disse ser pessoalmente a favor do tributo.

O presidente nacional do PDT fez questão de ponderar, no entanto, que o partido - que está a frente do Ministérios das Comunicações - ainda não tem uma posição oficial sobre a recriação da CPMF, pois ainda não discutiu o assunto com sua bancada de deputados federais e senadores. "Tenho absoluta certeza que temos divergências internas", comentou.

Lupi disse que o PDT deve ajudar a aprovar "algumas medidas" do ajuste fiscal, "não todas". "Não seremos a favor de nada que fira os direitos trabalhistas", ressaltou.

Questionado se a sigla apoiará o aumento da idade mínima para aposentadoria, como vem sendo defendido pelo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, ele desconversou e disse que essa é uma questão "a se examinar", que requer um debate mais amplo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos