Dilma prepara campanha de mobilização nacional de combate ao zika

Brasília - A presidente Dilma Rousseff prepara um conjunto de ações em âmbito nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor dos vírus da dengue, da febre chikungunya e do zika. O objetivo principal é conter o surto de microcefalia, causado pelo zika vírus. Ministros de variadas áreas como Saúde, Marcelo Castro (PMDB), Educação, Aloizio Mercadante (PT), e, Comunicação Social, Edinho Silva (PT), participam de uma série de reuniões nesta segunda-feira.

Eles discutem quais medidas podem ser adotas para conter a epidemia. Uma das principais discussões é a realização de campanhas informativas nas escolas públicas e privadas logo após o feriado de carnaval. As Forças Armadas, que já vêm trabalhando no combate ao Aedes em algumas regiões com maior número de casos, como no Nordeste, também foram chamadas para as reuniões e devem aumentar a atuação pelo País.

O objetivo do Palácio do Planalto é tentar mostrar que o governo está travando uma guerra coletiva contra o zika e as demais doenças transmitidas pelo mosquito. Ainda não estão definidos os detalhes da campanha nas escolas. A participação de cada ministério e órgão ainda serão detalhadas em um plano, que depende da aprovação final da presidente Dilma Rousseff.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos