PUBLICIDADE
Topo

Capital tem novo centro de adoção de cães e gatos

30/01/2016 07h40

São Paulo - Nobel foi atropelado há dois anos, sofre de paralisia e aguarda alguém disposto a adotá-lo. De pelos pretos e olhos verdes, o gatinho chegou ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), na zona norte, onde 250 cães e 100 gatos esperam adoção, após ser encontrado ferido em uma biblioteca no centro da cidade. Hoje com 3 anos é o animal há mais tempo por lá.

O acidente custou ao bichano a mobilidade da cauda, problema que lhe causa incontinência. E Nobel nunca encontrou quem ame tanto os animais a ponto de sair limpando cocô pela casa. É uma espécie de gato borralheiro. Na manhã de ontem, Nobel perambulava de um lado para outro e se esfregava no vidro de um dos 24 gatis do novo Centro Municipal de Adoção de Cães e Gatos do CCZ.

O espaço foi inaugurado pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), que comemorou a ampliação da estrutura. Para Haddad, o equipamento tem "qualidade de serviço muito superior ao que era prestado". O espaço tem capacidade para atender cerca de 200 pessoas por dia. Para adotar um bichinho, é preciso apresentar CPF, RG, comprovante de residência, pagar uma taxa municipal de R$ 18,50 e passar por uma entrevista. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.