Lula vai participar de conselho petista e de ato de desagravo no Rio, diz Falcão

De Brasília

  • Danilo Verpa/Folhapress

    O ex-presidente Lula

    O ex-presidente Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (1º), ao presidente do PT, Rui Falcão, que vai participar do conselho consultivo do partido, marcado para 15 de fevereiro. Falcão disse ainda que o ex-presidente planeja participar do ato de desagravo a ele no Rio de Janeiro, a ser organizado durante o evento de aniversário do PT, entre 26 e 27 de fevereiro.

O conselho consultivo, formado por intelectuais, artistas, governadores e prefeitos de grandes cidades, foi um pedido de Lula, então descontente com os primeiros passos de Nelson Barbosa no Ministério da Fazenda.

A avaliação era de que o governo seguia preso nas medidas de ajuste fiscal. A crítica segue presente entre petistas. A ideia do conselho é ajudar na elaboração de propostas para estimular a retomada do crescimento econômico a serem encaminhadas ao governo Dilma Rousseff.

O ato de desagravo é uma resposta do PT ao que considera uma "perseguição" do Ministério Público e da mídia ao ex-presidente. Na sexta-feira (29), Lula e a mulher, Marisa Letícia, foram intimados a depor, na condição de investigados, sobre o tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá, no litoral paulista.

A Promotoria suspeita que imóvel pertença a Lula. Quando da deflagração da Triplo X, 22ª fase da Lava Jato, na quarta-feira (27), a Polícia Federal informou ter incluído o tríplex 164-A, supostamente ligado à família de Lula, no rol de imóveis com "alto grau de suspeita quanto à sua real titularidade".

Nesta segunda-feira, Rui Falcão esteve reunido com Lula, no instituto do ex-presidente na capital paulista. Ao sair do instituto, Falcão evitou comentários sobre as investigações que envolvem o ex-presidente. O dirigente disse que Lula estava "tranquilo", "bronzeado", brincou.

Também nesta segunda-feira, Lula também foi convidado pelo líder da bancada petista na Câmara dos Deputados, Sibá Machado (AC), para participar da reunião em que a legenda escolherá seu novo líder. O encontro será em Brasília na quarta-feira (3). Lula confirmará a presença até esta terça (2). Disputam a liderança os deputados Afonso Florence (BA), Paulo Pimenta (RS) e Reginaldo Lopes (MG). Falcão estará na reunião.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos