Jornalista Américo Martins pede para deixar presidência da EBC

Brasília - Menos de seis meses após assumir o cargo, o diretor-presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Américo Martins, pediu demissão nesta terça-feira, 2. Oficialmente a sua saída seria por "motivações pessoais", mas, na empresa, as informações são de que ele estava insatisfeito com constantes tentativas de interferência do governo nas decisões internas da EBC.

Essas interferências iam desde a intenção de mudar a grade de programação com a transmissão pela TV Brasil de jogos das terceira e quarta divisões do Campeonato Brasileiro até nomeações políticas na empresa.

O vice-presidente Mario Maurici assumirá interinamente o cargo. Entre os empregados, houve uma preocupação com essa escolha, porque Maurici é quem cuida de toda a programação relativa à presidente Dilma Rousseff. O temor é que isso aumente as interferências na empresa.

A EBC é vinculada à Secretaria de Comunicação da Presidência, comandada pelo ministro Edinho Silva. Em matéria divulgada pela Agência Brasil, Martins afirmou que "gostaria de agradecer a todos os profissionais da empresa e a todos os que acreditam na comunicação pública". Ele disse ainda que foi uma "honra" ocupar a presidência da EBC e que era "muito grato" à Dilma e a Edinho pela oportunidade.

Ainda de acordo com a Agência Brasil, o diretor-geral, Asdrúbal Figueiró, também vai deixar a EBC. Martins chegou à EBC no início do ano passado e foi nomeado para o cargo de diretor-presidente da empresa em 12 de agosto de 2015.

Procurado pelo Estado, o ministro da Comunicação Social reiterou que a saída de Martins aconteceu por motivos pessoais e não comentou as críticas de interferência do governo na empresa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos