Sobe para 12 número de casos de H1N1 na região de Rio Preto

Sorocaba - Uma mulher internada em ala de isolamento do Hospital de Base de São José do Rio Preto é a 12ª vítima do H1N1 nessa região do interior de São Paulo, este ano. O caso, confirmado nesta segunda-feira, 1, é o primeiro na cidade. Segundo a Secretaria de Saúde de Rio Preto, a mulher pegou a doença em Catanduva, cidade que concentra o maior número de casos. O vírus foi confirmado como a causa de duas mortes ocorridas este ano na região, em Santa Adélia e Tabapuã, respectivamente.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Catanduva, foram notificados 34 casos suspeitos da doença este ano na própria cidade e no entorno. A alta incidência em pleno verão causa preocupação, pois a doença é mais comum no inverno. O vírus H1N1 causa doença respiratória aguda e contagiosa.

Em 2009, a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu alerta de pandemia por considerar a situação alarmante, como ocorre neste momento com o zika vírus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos