Campanha ilustra páginas oficiais do governo na internet com Aedes virtual

Brasília - Quem acessar sites oficiais do governo federal na internet por alguns navegadores específicos poderá se surpreender com a quantidade de mosquitos virtuais que aparecem voando pela tela. Os insetos podem ser vistos, por exemplo, no site do Ministério da Fazenda e do Banco Central, se acessados pelo Firefox e o Explorer, por exemplo - pelo Chrome, não há essa intervenção.

O internauta percebe também que o seu comando do mouse se transforma em um "mata-moscas".

Quando um clique é dado sobre o mosquito, surge na tela um aviso grande, em vermelho, com os seguintes dizeres: "Não adianta apenas matar o mosquito. Não podemos deixar ele nascer. E isso depende de todos nós."

Também aparece uma foto do Aedes Aegypti com uma placa de proibido em cima e a instrução: "saiba como fazer sua parte. #Zicazero."

O internauta é, então, encaminhado para o site da campanha do governo: http://combateaedes.saude.gov.br/.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos