Dilma relata a Prêmio Nobel iniciativas no combate ao trabalho infantil

Brasília - O indiano Kailash Satyarthi, Prêmio Nobel da Paz de 2014, afirmou nesta quinta-feira, 4, que a presidente Dilma Rousseff relatou algumas iniciativas do governo brasileiro no combate ao trabalho infantil e à escravidão, como o programa Bolsa Família. "Eu fiquei muito interessado no sucesso do programa Bolsa Família, particularmente no que se refere a melhoria da situação das crianças nos últimos dez, doze anos", afirmou.

Apesar de reconhecer os avanços no Brasil e no mundo, Satyarthi disse que os países estão "no sentido certo, mas a velocidade ainda é lenta". "Não se trata unicamente de números contabilizados, mas são seres humanos", ponderou.

Kailash Satyarthi recebeu o prêmio junto com a paquistanesa Malala Yousafzai por arriscar sua vida no trabalho de proteger crianças da escravidão, do extremismo e do trabalho infantil. O indiano participou nesta semana da abertura dos trabalhos da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH). Ele esteve na terça-feira, 2, na audiência pública sobre trabalho escravo.

Antes da fala do indiano, a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, afirmou que o Brasil tem contado com o apoio de Satyarthi na luta contra o trabalho infantil. Na última década, de acordo com o governo, o número de crianças em situação de trabalho infantil caiu 43%, de 5 milhões para 2,8 milhões.

Segundo o prêmio Nobel, ele e a presidente Dilma conversaram sobre o papel e a importância dos países emergentes para que mantenham uma agenda de combate ao trabalho infantil. Satyarthi disse ainda que propôs que o Brasil elabore uma conferência mundial para discutir um tema. "A presidente foi muito receptiva a essa ideia", afirmou.

Zika

Satyarthi comentou ainda que Dilma externou sua preocupação com o zika vírus e disse que os dois discutiram formas de "mobilizar as vozes globais" no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, do chikungunya e do zika vírus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos