Em MG, Dilma afirma que 'uma crise é muito dolorosa para ser desperdiçada'

São Paulo - "Tivemos em 2015 um ano bastante desafiador e, por isso, estamos buscando transformar 2016 no ano da retomada do crescimento", disse a presidente, durante inauguração de uma fábrica da Ambev em Uberlândia (MG). A unidade teve investimento de R$ 770 milhões e emprega 480 trabalhadores. "A inauguração desta fábrica mostra que essa empresa sabe que as dificuldades que o Brasil está passando são momentâneas."

A presidente disse ainda que, na medida do possível, o governo está mantendo os investimentos públicos e os programas sociais, além de buscar estimular o investimento privado.

Ao lado do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, e do ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, Dilma voltou a afirmar que "uma crise é muito dolorosa para ser desperdiçada".

"Nós não podemos desperdiçar a oportunidade de mudanças na crise, por isso temos propostas em tributação e previdência", disse a presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos