Haddad diz que edital para concessão do Anhembi ficará pronto no 1º semestre

São Paulo - O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou que os estudos para conceder o Anhembi à iniciativa privada estão avançando e que o edital deve ser lançado ainda no primeiro semestre deste ano.

Acompanhando os desfiles das escolas de samba paulistas, Haddad destacou que a concessão não inclui a área do Sambódromo.

"Estamos estudando a concessão do Anhembi, o que exclui o Sambódromo. O Sambódromo é do carnaval, das escolas, mas o Anhembi, pavilhão, centro de convenções, estamos terminando os estudos para fazer a concessão, no mais tardar até julho", disse o prefeito.

O petista defendeu que a concessão é melhor que a ideia de privatizar o Anhembi, como defendido por adversários políticos seus. O pré-candidato tucano à Prefeitura, João Doria, por exemplo, disse no fim do ano passado que, se eleito, pretende vender o Anhembi, além de outros empreendimentos da Prefeitura, como o autódromo de Interlagos e o estádio do Pacaembu.

"É mais importante fazer a concessão do que a venda do patrimônio, porque você não sabe o que a cidade vai precisar daqui a 30 anos, então você reserva a terra pra uma possível nova utilização", disse Haddad.

No ano passado, a Prefeitura recebeu o interesse de ao menos 18 empresas em reformar e ter a concessão do espaço de exposições, que é de 300 mil m2. A estimativa é de investimentos de R$ 2 bilhões para transformar o complexo em "minicity", com grandes restaurantes, lojas de grife e espaço infantil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos