Integrante do Peruche tira parte de cima da fantasia e é expulsa da avenida

São Paulo - Uma integrante da Unidos do Peruche, escola que abre a segunda noite de desfiles do carnaval de São Paulo, tirou a parte de cima da fantasia no meio da avenida e logo foi retirada por diretores da agremiação e da liga das escolas de samba. O site G1 identificou a mulher como Juliana Isen, conhecida por tirar parte da roupa durante os protestos pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O Peruche volta ao grupo especial após cinco anos e aproveita os 100 anos do primeiro registro de samba na Biblioteca Nacional para homenagear o estilo musical genuinamente brasileiro.

A escola tem 2,6 mil integrantes, que buscam vencer o jejum de 48 anos sem vitória no grupo especial. O terceiro e último título da escola da zona norte paulista foi conquistado em 1967. Em 2015, a agremiação foi campeã no Grupo de Acesso, para o qual caiu em 2011. A rainha de bateria é Stephanye Cristine, pelo 3º ano consecutivo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos