Mistura de frevo com manguebeat dá o tom no Galo da Madrugada

Recife - Cerca de dois milhões de pessoas acompanharam, neste sábado (6), o desfile do bloco Galo da Madrugada, no Recife. Há 39 anos arrastando multidões, a atração é uma das mais tradicionais do carnaval de Pernambuco. A irreverência dos foliões não poupou nem mesmo a crise econômica que afeta do País e a epidemia de zika, temas que acabaram se transformando em mote para a fantasia de dezenas de pessoas.

Em 2016, o Galo teve dois homenageados principais - o músico Chico Science e o Maestro Forró. E durante mais de seis horas de desfile, o dueto frevo e manguebeat deu o tom a festa. O bloco circulou pelas ruas centrais da cidade com uma estrutura gigantesca que incluiu seis carros alegóricos e mais de 30 trios elétricos. Uma das músicas mais tocadas durante o desfile foi "A Praieira", de Chico Sciene e da Nação Zumbi.

Com muito frevo no pé, o folião também não descuidou da saúde. Protetor solar, muita água e repelente estavam no "kit de sobrevivência" de turistas e moradores. Seguindo a tradição, a crítica política também marcou presença no desfile do bloco.

Teve um pouco de tudo. Gente usando máscaras de personagens como o juiz federal Sérgio Moro, o presidente da Câmara de Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), do ex-presidente Lula e até um grupo que se auto intitulou "os estocadores de vento" - numa alusão ao depoimento da presidente Dilma Rousseff.

A dona de casa Laís Farias, de 45 anos, e que há 19 brinca no Galo, fez a própria fantasia de mosquito Aedes Aegypti. "Eu achei importante optar por uma fantasia que transmitisse uma mensagem. A situação da dengue e da zika é algo muito grave e tem que ser discutida. Carnaval é brincadeira, mas pode servir também para fazer este alerta", destacou.

Olinda

E quem optou por ir para Olinda também contou com dezenas de opções para se divertir. Pelo menos 70 atrações, entre blocos, troças e shows fizeram a alegria de foliões de todas as idades. Uma das principais novidades deste ano foi o bloco do Bumba Meu Bowie. O evento foi criado no Facebook e teve 2,1 mil confirmações de comparecimento. Na vida real, pouco mais de 300 pessoas estiveram na concentração, mas logo depois da saída, outras centenas de pessoas se juntaram ao bloco. Alguns dos admiradores de Bowie compareceram inspirados no músico camaleão. Nas duas cidades, o clima foi de tranquilidade, sem registros de ocorrências policiais mais graves, de acordo com o plantão da Secretaria de Defesa Social.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos