Cunha quer votar hoje MP que autoriza bancos públicos a comprarem empresas

Brasília - Mesmo sob obstrução da oposição, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou nesta terça-feira, 16, a líderes partidários que colocará em votação, na sessão plenária de hoje, a Medida Provisória 692, que prorroga a autorização para que bancos públicos adquiram participação em outras empresas e instituições financeiras.

Segundo líderes da oposição e da base aliada, a ideia de Cunha é concluir a votação da MP ainda nesta terça-feira, mesmo que a sessão entre pela madrugada. A proposta tranca a pauta da Câmara juntamente com a MP que reduz o número dos ministérios e cargos comissionados e que só deve ser analisada amanhã. Nesse caso, a oposição diz ainda estar analisando a proposta para decidir se também vai obstruir.

Ainda nesta semana, a ideia de Cunha e dos líderes é votar outros dois projetos de Lei que também estão trancando a pauta: o que tipica o crime de terrorismo e o que estabelece o teto do funcionalismo público. O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), tenta acordo principalmente com a oposição para tentar votar as duas matérias.

No caso do projeto do terrorismo, José Guimarães diz que o governo está disposto tanto a votar o texto original enviado pelo governo com emendas apresentadas pela oposição, quanto o substitutivo aprovado pelo Senado, que enfrenta resistência de partidos mais a esquerda. Essas legendas acusam a redação aprovada de criminalizar os movimentos sociais.

No caso do projeto que regula o teto do funcionalismo público, Guimarães informou que ainda nesta terça-feira deverá se reunir com o deputado Ricardo Barros (PP-PR), para tentar chegar a um consenso sobre a proposta que seguirá para votação em plenário. Os dois divergem sobre alguns porcentuais e valores do projeto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos