Veto a bares só contempla agora bairro tombado de SP

Diferentemente do anunciado em dezembro pelo relator do projeto que revisa o zoneamento, vereador Paulo Frange (PTB), só os bairros tombados de São Paulo, como Pacaembu, City Lapa e Jardins, ficarão livres de atividades comerciais de maior impacto, como grandes restaurantes, bares e baladas. Os demais poderão receber esse tipo de comércio depois de aprovada a proposta na Câmara Municipal - a votação pode ocorrer nesta semana.

Em 2015, Frange havia afirmado que o veto a esse conjunto de atividades valeria para todos os corredores comerciais instalados em Zonas Estritamente Residenciais (ZERs). A mudança no discurso, divulgada na segunda-feira, 15, pelo jornal Folha de S. Paulo, afeta bairros como Alto de Pinheiros, na zona oeste, e Alto da Boa Vista, Planalto Paulista e Jardim da Saúde, na zona sul.

Frange não foi encontrado pela reportagem. Já o prefeito Fernando Haddad (PT) disse que a alteração é "fruto de negociação" com os moradores e que existe uma legislação específica para bairros tombados. "Os argumentos apresentados estão sendo submetidos ao Executivo, que está dando aval às alterações que o relator está propondo. Portanto, não considero lobby nem concessão."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos