Esperidião Amin entra na disputa para a liderança do PP na Câmara

Brasília - A eleição para a liderança do PP ganhou mais um candidato de última hora. O deputado Esperidião Amin (SC) acaba de anunciar a sua candidatura. "O que ficou estabelecido é que haveria uma disputa em que os dois candidatos são pró-governo. Então eu fui instado a me colocar à disposição em nome do grupo que não é governo. Vou marcar posição", declarou. A votação foi adiada para 17 horas desta quarta-feira, 17.

Antes, prevista para começar ao meio-dia, a disputa já havia sido adiada por causa da desistência do atual líder, Eduardo da Fonte (PE). Cacá Leão (BA) o substituiu no embate com Aguinaldo Ribeiro (PB) pelo cargo, que, agora, é concorrido por três adversários. Nos corredores do Congresso, Amin anunciava a sua candidatura em tom de brincadeira aos colegas. "Eu aposto com você, até às 15h30, dos dois ficam um só. Os dois vão se entender e vão disputar comigo."

O deputado catarinense afirmou que "a sua chance de vitória é zero", mas que isso faz parte "do jogo político". "O pior é ficar em silêncio e aceitar uma posição que não é minha. Eu respeito quem é pró-governo, mas eu quero que eles respeitem quem não é. Eles não respeitaram o grupo partidário que é oposição ao fazer a lista para a comissão do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Só tinha chapa-branca". comentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos