Número de homicídios cai 21% no Estado de SP, anuncia governo

São Paulo - A Secretaria da Segurança Pública (SSP) anunciou na tarde desta quinta-feira, 25, que o Estado de São Paulo atingiu novo recorde e apresentou taxa de homicídios dolosos (com intenção de matar) de 8,48 ocorrências por 100 mil habitantes. A marca é a menor taxa da série histórica paulista, que tem início em 2001. Houve recuo de 21,18% nos homicídios dolosos em janeiro deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado.

Nesta quinta, a pasta divulgou índices do Estado, além de números do interior e da Grande São Paulo. Em todo o Estado, houve queda no número de vítimas de homicídios dolosos (21,68%), latrocínios (18,18%), vítimas de latrocínio (17,65%), roubos e outros (0,72%), roubo a banco (47,06%), roubo a carga (10,74%), roubo a veículo (13,5%), estupro (4,59%), furtos e outros (1,15%), furtos a veículos (6,36%).

Segundo a SSP, houve queda em todos os índices de criminalidade, com exceção da Grande São Paulo, que registrou aumento de 7,73% no número de roubos. Foram 6.340 ocorrências em janeiro deste ano, contra 5.885 no mesmo período de 2015.

Sigilo

A redução das estatísticas criminais ocorre em meio a ações da gestão Alckmin que restringiram o acesso a pedidos feitos por meio da Lei de Acesso à Informação a dados de boletins de ocorrência. O governo alega a necessidade de preservar "dados pessoais" de vítimas e testemunhas.

O governo recuou, na semana passada, revogando a regra em alguns pontos e destacando análise caso a caso - mas manteve restrição a dados que contenham informações pessoais dos cidadãos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos