Jornal de pivô do caso CPEM é depredado em Taubaté

São Paulo - O semanário Contato, de Taubaté, foi invadido, depredado e alvo de furto qualificado na noite de terça-feira, 1º. O jornal é do economista Paulo de Tarso Venceslau. Ele registrou boletim de ocorrência com o delegado Horácio Martins Campos, de Delegacia de Investigações Gerais do município.

Na quarta-feira, 2, a polícia esteve no local, fazendo perícia. Venceslau ficou conhecido como o dirigente petista que denunciou o chamado caso CPEM - e depois foi expulso do partido. O caso veio recentemente à tona, na mídia. "É estranho ter acontecido isso justo neste momento", disse o economista. "É muita coincidência para o meu gosto, mas vamos aguardar a investigação."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos