Pergunte ao ministro, diz diretor-geral da PF, sobre permanência no cargo

Brasília - Presente à cerimônia de transmissão de cargo do novo ministro da Justiça, Wellington César, o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, evitou nesta quinta-feira, 03, responder diretamente se continuará no cargo.

"Não sei. Pergunte ao ministro", respondeu Daiello ao ser questionado pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. "Depois que o ministro fala, vira verdade", emendou, após a reportagem lembrar que o novo ministro afirmou em entrevista que o diretor deve permanecer no cargo.

Com a saída de José Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça após pressão principalmente do PT, especula-se, nos bastidores, que o diretor-geral da PF também possa ser trocado, como forma de o governo tentar interferir na Operação Lava Jato.

O diretor-geral da PF evitou responder mais perguntas de jornalistas. Ao perceber a abordagem dos repórteres, a assessoria de Daiello informou que ele não falaria com a imprensa nesta quinta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos