CUT chama ação da PF de 'golpe' e anuncia vigília em defesa de Lula

Brasília - A Central Única dos Trabalhadores (CUT), braço sindical do PT, anunciou na manhã desta sexta-feira, 4, que fará uma vigília em todo o País em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e contra o que chama de "golpe". Em nota, a central sindical diz que "o maior líder popular da história do Brasil foi constrangido a depor coercitivamente pela Polícia Federal, mesmo não tendo uma única prova de que cometeu qualquer ato ilícito".

A orientação dada pela CUT a suas representações regionais é buscar unidade em defesa do petista em conjunto com os movimentos sociais e construir uma estratégia de ações coordenadas. A CUT informou que fará uma vigília permanente em cada uma das cidades, mas os locais ainda serão definidos.

Para a CUT, a única denúncia contra Lula é a delação, ainda não homologada, do senador Delcídio Amaral (PT-MS). "É o golpe que vem sendo construído pela direita há meses, sendo colocado em prática com a parceria dos grandes meios de comunicação do País, de parte da PF, do Ministério Público e da oposição ao projeto de governo democrático e popular que Lula implantou no Brasil em 2003", diz a nota da central.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos