Rede diz que é hora de reunificar o País

Brasília, 04 - Em nota divulgada nesta sexta-feira, 4, a Rede afirmou que "é hora de reunificar o Brasil". Em discurso apaziguador, o partido manifestou preocupação com o que chamou de "incitação ao confronto nas ruas". "Não é hora de incitar os ânimos para a guerra, mas sim de instar a força dos nossos mais elevados propósitos na busca de saídas para a grave crise política, econômica e social", declarou a Rede em nota.

O texto menciona a suposta delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MT) e as ações da Polícia Federal para apurar informações sobre condutas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "A REDE, reunida em seu 2º Congresso Nacional, considera que a gravidade dos fatos requer todo apoio à investigação profunda e rigorosa de todos os envolvidos, assegurado o amplo direito de defesa."

A Rede explicou ainda que não é momento para "quaisquer conclusões precipitadas sobre culpa", bem como "indícios que embasam a ação do Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF)", já que a investigação da Lava Jato ainda está em curso. Ao fim da declaração, o partido alerta que o momento "exige responsabilidade e serenidade de todas as lideranças comprometidas com o Brasil e com a democracia".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos