Expresso já foi opção para ligar SP a aeroporto

São Paulo - Quando a Linha 13-Jade da CPTM foi anunciada, em 2009, a grande promessa do governo paulista para fazer a inédita ligação da capital até Cumbica era o Expresso Aeroporto. O projeto consistia na construção de uma linha direta (sem paradas) com 28,3 quilômetros de extensão que ligaria o centro da cidade até Guarulhos em 20 minutos, com tarifa de R$ 35 para atender cerca de 20 mil passageiros por dia.

A proposta, feita ainda na gestão do ex-governador José Serra (PSDB), era de que o Expresso Aeroporto fosse operado pelo setor privado, a exemplo da Linha 4-Amarela do Metrô. Um edital de uma concorrência internacional para a construção do Expresso Aeroporto, que seria a Linha 14-Ônix, chegou a ser lançado em junho de 2009. O vencedor ficaria encarregado de construir também a Linha 13-Jade, que iria até Guarulhos, mas não chegaria ao aeroporto, em um investimento de R$ 2,4 bilhões. O projeto não vingou.

Desde 2013, o projeto da Linha 13 passou a ser a única opção para ligar a capital ao aeroporto, e a Linha 14 teve o traçado alterado, ligando Guarulhos ao ABC paulista, mas sem prazo para sair do papel. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos