Dilma deixa evento na Fiocruz sem falar com a imprensa

Rio, 10 - A presidente Dilma Rousseff (PT) deixou a Fundação Oswaldo Cruz-Fiocruz sem falar com a imprensa. Ela participava de reunião com a diretoria da instituição na tarde desta quinta-feira, 10, quando o Ministério Público de São Paulo pediu a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Além de Lula, também foi pedida a prisão preventiva do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, e de outros dois investigados do caso Bancoop - Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo. Dilma cancelou também visita a um centro de artesanato do Sebrae. Dilma e comitiva chegaram em dois helicópteros às 17h. A presidente deixou a Fiocruz às 19h15.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos