Ministério da Justiça estuda causas e apoia mudança de registro

Procurado, o Ministério da Justiça informou que está desenvolvendo diagnósticos a respeito das causas dos homicídios no Brasil e articulando ações com outros entes federativos, especialmente nas regiões do País onde as taxas cresceram significativamente nos últimos 15 anos, tendo como principais vítimas homens negros e jovens.

O órgão destacou ainda a criação do Sistema Nacional de Informações sobre Segurança Pública (Sinesp), que padroniza registros de ocorrências, e observou que apoia a eliminação dos termos "auto de resistência" e "resistência seguida de morte" dos procedimentos adotados pelas polícias.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos