Marina Silva defende, em nota, apoio à livre manifestação e saída pelo TSE

Em São Paulo

A Rede Sustentabilidade reforçou, em nota publicada pela ex-senadora Marina Silva em seu perfil no Twitter, apoio ao direito de livre manifestação de ideias e ao aprofundamento das investigações da Operação Lava Jato. "Quanto mais evidentes os indícios de que a corrupção da Petrobras foi a base financeira da campanha do PT-PMDB, maior o imperativo ético de uma resposta via TSE (Tribunal Superior Eleitoral)", destacou o partido a respeito da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer nas eleições de 2014.

Afirmou ainda que o impeachment não é um "golpe" e que o julgamento da ação de impugnação de mandato eletivo movida contra Dilma e Temer é a única forma de evitar que o País seja "entregue" a um partido que está "igualmente" envolvido com a corrupção, referindo-se ao PMDB. Ainda sobre as manifestações contra o governo federal realizadas em todo o Brasil, a Rede lembrou que a "livre manifestação de ideias é garantida pela Constituição".

Veja as imagens das manifestações pelo Brasil

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos