Protesto contra Dilma em Buenos Aires reúne 50 pessoas

Buenos Aires - Cerca de 50 pessoas protestaram contra o governo Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Buenos Aires, na Argentina. Os manifestantes se reuniram em frente ao Obelisco, principal monumento da cidade, por volta das 16h deste domingo (13), levando bandeiras do Brasil e cantando o hino nacional.

O estudante de medicina Jorge Soares, um dos manifestantes, afirmou que o protesto não era apenas contra a presidente Dilma, mas também contra "toda a cadeia de políticos" que estão à frente do País, mas que não está agradando a população. Desavisado, Soares vestiu uma camisa vermelha, cor rejeitada pelos manifestantes, para ir ao protesto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos