Começa votação em plenário da comissão especial do impeachment

Brasília - Quase três horas após o horário previsto para início da votação que vai escolher os parlamentares da comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), declarou nesta tarde a abertura da eleição.

Os partidos da Casa indicaram membros para compor as 65 vagas do colegiado. Agora, os parlamentares votam "sim" ou "não" pela composição indicada. Em caso negativo, novos nomes precisarão ser apresentados, para uma nova votação.

Está prevista para esta tarde, às 17 horas, uma reunião de líderes partidários antes da instalação da comissão e da eleição do presidente e do relator dos trabalhos. A instalação deve acontecer entre 18h e 19h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos