Cunha diz que acha que PMDB aprovará o desembarque do governo no dia 29

Brasília - O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta segunda-feira, 21, achar que o PMDB aprovará o desembarque do governo na reunião da Executiva Nacional do partido marcada para o próximo dia 29 de março. "Acho e espero que sim", afirmou o peemedebista.

Cunha seguiu a linha de aliados do vice-presidente da República, Michel Temer, que já dão como certo o desembarque. "O sentido de urgência do PMDB é conectado à vontade do povo. No passado foi assim. Agora, na saída de Dilma também. Terça, 29, vai decidir pelo rompimento", disse o ex-ministro Moreira Franco na última sexta-feira.

O presidente da Câmara negou que tenha sido procurado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para conversar. Segundo circula nos bastidores, o petista estaria procurando integrantes da cúpula do PMDB para tentar evitar o desembarque do partido do governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos