Líder do PT na Câmara diz esperar que PMDB garanta 'legalidade democrática'

Brasília - O líder do PT na Câmara dos Deputados, Afonso Florence (BA), disse nesta quarta-feira, 23, esperar que o PMDB adote uma postura que garanta a "legalidade democrática" no País. "Em tese e por direito, o PMDB tem compromisso com estabilidade política do País e com o mandato da presidente Dilma, na medida em que não há crime de responsabilidade", afirmou o parlamentar, se referindo ao pedido de impeachment da presidente da República.

Florence lembrou que Temer assinou decretos de abertura de crédito orçamentário como os questionados na ação de impeachment da presidente Dilma Rousseff. "Não há crime de responsabilidade. A presidente Dilma fez um ato formal de gestão orçamentária para pagar o Bolsa Família, o Minha Casa, Minha Vida, dentro da lei. Michel Temer fez igual e a revisão de meta fiscal garantiu todos os parâmetros estabelecidos pela legislação para que a publicação daqueles decretos fossem feitos na forma da lei", declarou.

Minimizando a ação da oposição de entrar com três representações na Procuradoria Geral da República (PGR) pedindo que o órgão investigue a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro Edinho Silva (Comunicação Social) e Jaques Wagner (chefe de gabinete da Presidência), com base nos grampos de conversas telefônicas entre eles divulgados com autorização da Justiça na semana passada, o petista disse que existe "muita gravação que precisa ser investigada", inclusive as denúncias de que teriam ocorrido pagamentos para a mobilização do impeachment.

"Essas investigações, de fato, devem transcorrer para que nós identifiquemos quem está jogando contra a legalidade democrática e a manutenção da ordem pública. Quem é que ataca sede de partido, quem é que ataca a liberdade constitucional de um ministro do Supremo para tomar decisões, sejam elas quais forem? Quem é que ataca a democracia do País?", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos