Marco Aurélio/STF: divulgação de áudios por Moro foi condenável

O ministro Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal afirmou, nesta noite, ser "condenável" a medida do juiz Sérgio Moro de ter liberado para divulgação dos grampos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff. Para o ministro, a divulgação foi um "erro de procedimento" porque Dilma tem foro privilegiado - independentemente da situação de Lula em relação à posse suspensa na Casa Civil.

"Se a divulgação fosse cometida divulgação por cidadão comum é crime, com penalidade prevista. Por um magistrado, se tem aí evidentemente um erro de procedimento, que pode caber uma sanção no campo administrativo", afirmou Mello no programa Roda Viva da TV Cultura.

O ministro disse que sua fala não deveria ser interpretada como crítica ao juiz Moro, que tem prestado "serviços louváveis", mas como uma questão técnica. "Não critiquei o colega Moro, ou então fui mal compreendido. Fiz uma constatação científica, de que houve uma divulgação que frontalmente contraria a lei" (Ana Fernandes - ana.fernandes@estadao.com)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos