Autoridade de saúde dos EUA se diz impressionada por poder destrutivo do zika

Washington - Autoridades de saúde dos Estados Unidos afirmaram que, quanto mais se aprende sobre o zika virus, mais assustador ele parece, e pediram por mais recursos para combater o mosquito responsável por sua transmissão, pesquisar vacinas e custear tratamentos.

O doutor Anthony Fauci, dos Institutos Nacionais de Saúde, "não se considera um alarmista", mas enumera as descobertas recentes sobre o poder destrutivo do zika, como os danos a cérebros fetais e relatos de problemas neurológicos raros em adultos.

No momento, a administração Obama utiliza recursos remanescentes do fundo de combate ao ebola para pagar pela pesquisa sobre o vírus. O montante, no entanto, é apenas uma fração do US$ 1,9 bilhão pedido pelo presidente ao Congresso.

Para Fauci, os US$ 589 milhões disponíveis até o momento são "insuficientes para conduzir nosso trabalho". Fonte: Associated Press.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos