Começa leitura de parecer pelo impeachment no plenário da Câmara

Brasília - O primeiro-secretário da Mesa Diretora, deputado Beto Mansur (PRB-SP), começou a ler no plenário da Câmara o parecer pela admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, aprovado nesta segunda-feira, 11, na comissão especial. A expectativa é que a leitura integral das 128 paginas demore quatro horas.

Às 15h, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), reunirá os líderes partidários para discutir os detalhes do rito de votação no fim de semana. Com a publicação do parecer pelo impeachment no Diário Oficial, amanhã, conta-se o prazo de 48 horas para que o afastamento possa entrar na pauta da Câmara.

A sessão de votação está marcada para começar na sexta-feira, 15, com a apresentação da defesa e dos juristas que pedem o impedimento da presidente da República. Na sequência, haverá um tempo de até uma hora para que cada partido se manifeste no plenário. A sessão se estenderá até o sábado e no domingo, possivelmente às 14h, começará a votação com chamada nominal dos parlamentares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos