Rio antecipa vacina contra H1N1 para crianças, grávidas e pacientes renais

Rio - Crianças de 6 meses a 5 anos, grávidas e pacientes renais crônicos serão os primeiros a receberem a vacina contra H1N1 no Rio de Janeiro. A Secretaria de Estado de Saúde vai antecipar a vacinação para esses grupos, que começarão a ser imunizados em 25 de abril, cinco dias antes do início oficial da campanha nacional.

"Estamos atentos ao aumento do número de casos de H1N1 no Estado e, embora o panorama seja diferente do que se observa em São Paulo, a imunização destes grupos específicos pede prioridade, uma vez que são os que apresentam maior vulnerabilidade às complicações que a gripe pode causar", afirmou o secretário de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr. "Essa antecipação é uma medida preventiva que estamos adotando."

A secretaria confirmou até agora sete mortes em decorrência da gripe no Estado. A partir de 30 de abril, os demais grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde começarão a ser imunizados - idosos, outros pacientes crônicos, indígenas, mulheres com até 45 dias de pós parto e profissionais de saúde. A expectativa é vacinar cerca de 80% das 4 milhões de pessoas que fazem parte dos grupos mais vulneráveis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos