Benedita da Silva faz discurso por avanços sociais e é aplaudida por governistas

Brasília - A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) usou seu tempo na sessão que discute o impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara para defender o governo com base nos avanços sociais.

Ela enumerou diversos programas criados durante os governos de Lula e Dilma e afirmou que, mesmo com a crise econômica, as pessoas que perdem seus empregos hoje são as mesmas que conquistaram postos ao longo dos últimos anos.

"Quem não precisa dos auxílios, quem não precisa do governo, pode vir para cá e chamar a presidente de incompetente. Agora você, brasileiro e brasileira, que sabe o que é dificuldade, sabe o que esse governo fez por você", defendeu.

A deputada falou ainda sobre a condição da mulher e do negro e elogiou o que chamou de "ações afirmativas" do governo. Deixou o púlpito conclamando a militância a se manifestar. "Vamos às ruas! Não vai ter golpe! E viva a democracia", disse e saiu aplaudida por outros governistas presentes no plenário.

O PT, por ter a segunda maior bancada, é agora o segundo partido a usar o seu tempo de uma hora para revezar deputados que discursam em plenário. O primeiro partido foi o PMDB, que não poupou críticas à presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos