Cerca de 35 mil manifestantes saíram às ruas em Campinas (SP)

Campinas - Os organizadores da manifestação pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) em Campinas calculam que 35 mil pessoas ocupavam a Avenida Norte-Sul, no bairro Cambuí, por volta das 17h deste domingo, 17. A Polícia Militar não divulgou um balanço do número de manifestantes, que só deve ser feito após o encerramento do ato no final da votação na Câmara. Nenhuma ocorrência foi registrada até às 17h.

Segundo Ronald Tanimoto, coordenador estadual do Movimento Brasil Livre (MBL), a expectativa é que o número total de pessoas que passem pela avenida durante toda a manifestação chegue a 100 mil. O número, entretanto, está abaixo da expectativa da organização, que falava em 300 mil manifestantes. Para fazer a contagem, o MBL está usando imagens feitas por um drone.

No último ato em favor do impeachment na cidade, os organizadores disseram que 100 mil pessoas estiveram presentes, enquanto a Polícia Militar avaliou em 70 mil. Por conta do grande número de participantes, a organização decidiu mudar o local do Centro para a Norte-Sul, que pode abrigar muito mais pessoas sem causar grandes problemas no trânsito.

Os manifestantes acompanham a votação em dois telões colocados na avenida, junto a caminhões de som. Outro caminhão de som tem uma banda de rock que está animando a manifestação.

Os organizadores do movimento estavam convocando os manifestantes a continuarem a mobilização mesmo que o prosseguimento do impeachment seja aprovado. Eles conclamaram os participantes a derrubarem governadores, prefeitos e todos os políticos acusados de corrupção no País. Nem mesmo o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foram poupados. "Mexeu com Moro, mexeu comigo. Mexeu com Cunha, eu nem ligo. Mexeu com Moro, mexeu comigo. Mexeu com Aécio, eu nem ligo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos