Deputado do PP surpreende governistas e governador do CE e vota pelo impeachment

Brasília, 17 - Contrariando o pedido do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), o deputado federal Adail Carneiro (PP-CE) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff neste domingo, 17, no plenário da Câmara.

O voto de Carneiro surpreendeu negativamente os governistas, que contavam com o voto dele para tentar barrar o impeachment, e até a própria oposição, que não contabilizava o voto do parlamentar cearense como favorável ao impedimento da petista.

Carneiro era assessor especial do governador Camilo Santana e se licenciou do cargo apenas para voltar à Câmara com a promessa de que votaria contra o impeachment. Pelo Placar do Impeachment do Estadão, Carneiro se declarava indeciso.

O voto de Adail Carneiro também contraria orientação dos ex-ministros e ex-governadores do Ceará Cid e Ciro Gomes, ambos do PDT. Junto com Santana, os irmãos estavam articulando votos contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Outro parlamentar cearense do PP, o deputado Macedo seguiu a orientação dos irmãos Gomes e do governador cearense e votou contra o impeachment. Dessa forma, contrariou seu partido, que fechou questão a favor do impeachment e promete punir dissidentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos