Deputados contra o impeachment são vaiados por manifestantes no Rio

Rio, 17 - Os votos dos parlamentares do Rio de Janeiro foram acompanhados fervorosamente pelos manifestantes pró-impeachment que continuam na praia de Copacabana. Os deputados Alessandro Molon (Rede), Benedita da Silva (PT), Celso Pansera (PMDB), Chico Alencar (PSOL), Chico D'Ângelo (PT), Jean Wyllys (PSOL), Glauber Braga (PSOL), Jandira Feghali (PCdoB), Leonardo Picciani (PMDB), Luiz Sergio (PT) e Wadih Damous (PT), que votaram contra o impeachment, e Clarissa Garotinho (PR), que está em licença por estar no fim da gravidez e, por isso, não esteve presente, foram vaiados e xingados. Seus discursos ficaram inaudíveis por causa disso.

Os manifestantes estão assistindo à votação em telões instalados pelo movimento Vem Pra Rua. Eles chegarem por volta das 14 horas e pretendem ir embora apenas ao fim da votação. A pista junto ao calçadão segue fechada ao trânsito parcialmente por causa do ato pelo impeachment. Algumas pessoas já soltaram fogos de artifício em comemoração ao possível resultado pela admissibilidade do impedimento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos