Em Campo Grande, atos ocorrem na Praça Ary Coelho e na Avenida Afonso Pena

Campo Grande e São Luís - Grupos pró e contra a permanência da presidente Dilma Roussef no poder se concentram neste domingo, 17, na Praça Ary Coelho e no canteiro central da avenida Afonso Pena, em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Cerca de 80 pessoas da Frente Brasil Popular estão na praça e vão permaneceram até o fim da votação que define a admissibilidade do impeachment. Espera-se que mais manifestantes sigam para o local, onde telão foi montado.

Já na Afonso Pena, em frente ao Ministério Público Federal, que fica a apenas dois quilômetros da praça, os grupos Reaja Brasil e Chega de Impostos concentram cerca de 300 manifestantes. Um telão foi montado para acompanhar a votação.

Maranhão

Em São Luís, os que defendem o impeachment ainda se organizam de forma tímida na capital maranhense. Cerca de 20 pessoas estão reunidas em um bar da Lagoa da Jansen, região nobre da cidade. Com um boneco inflável do Pixuleco e bandeiras do Brasil, os ludovicenses aguardam com ansiedade o início da votação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos