Governo já admite derrota em votação do impeachment na Câmara

Brasília, 17 - O clima no Palácio do Planalto é muito ruim. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, o governo já considera que será derrotado na Câmara e considera o resultado irreversível. O baixo nível de ausências (somente dois dos 513 deputados não compareceram) foi a principal surpresa negativa do Planalto que contava com essa estratégia para evitar a aprovação do impeachment em plenário. O ministro José Eduardo Cardozo deve falar em nome do governo após a votação. A presidente Dilma Rousseff deve divulgar nota na qual se mostrará disposta a manter o seu mandato, contando com a rejeição do impeachment pelo Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos