Tucano anuncia ação para impedir que Dilma faça novas nomeações

Brasília - Vice-presidente nacional do PSDB, o deputado Carlos Sampaio (SP), anunciou há pouco que protocolou neste domingo, 17, no plantão da Justiça Federal de Brasília, uma ação popular para impedir que a presidente Dilma Rousseff faça novas nomeações até que seja concluído todo processo de impeachment.

O tucano alega que é preciso "barrar a negociata de cargos" e impedir o que chama de "compra" de votos dos parlamentares no processo de impedimento, que vai à votação nesta tarde na Câmara dos Deputados.

"Toda a negociata realizada pelo governo federal com o objetivo de comprar parlamentares e evitar a admissão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, que vinha sendo denunciada pela oposição e noticiada pela imprensa nacional, foi comprovada com a edição extra do Diário Oficial da União do dia 15 de abril. São centenas de nomeações, em 26 órgãos públicos federais, publicadas em 8 páginas do Diário Oficial, a constituir verdadeira confissão explícita das práticas ilegais realizadas pela presidente da República, em conjunto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva", afirma em nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos