Após protesto, Temer segue para Brasília -

São Paulo - O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB-SP), deixou há pouco sua residência em São Paulo em direção ao aeroporto, de onde segue para Brasília. O vice decidiu viajar após o protesto feito na manhã desta quinta-feir, 21, por integrantes do Levante Popular da Juventude. Ele vai despachar do Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente.

A ideia inicial era permanecer em São Paulo até domingo, 24, mesmo assumindo interinamente a Presidência na ausência da presidente Dilma Rousseff, que está em viagem ao Estados Unidos. Mas Temer foi aconselhado a seguir para a capital federal para evitar que sua casa se transformasse em local de constantes protestos.

Por volta das 8h, cerca de 80 manifestantes picharam a frase "QG do golpe" no asfalto em frente à casa de Temer. Eles também rasgaram e jogaram no chão páginas da Constituição enquanto gritavam palavras de ordem.

Temer permaneceu o dia inteiro em casa. Recebeu apenas a visita do ex-ministro da Aviação Civil Moreira Franco, presidente da Fundação Ulysses Guimarães e um dos seus principais assessores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos