Mujica diz que em momentos de crise é preciso eleger 'culpado'

Ouro Preto (MG) - O ex-presidente do Uruguai José Mujica afirmou nesta quinta-feira que, em momentos de dor, como a atual crise econômica, "é preciso eleger um emissário para encontrar a culpa". Questionado em entrevista depois da cerimônia se o que está em curso no País é ou não um golpe, como tem classificado o governo, Mujica respondeu: "No meu país há um ditado: 'Não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem".

Segundo Mujica, a crise pela qual passa o Brasil está acontecendo em todo o mundo. "O capitalismo tem momentos de alta e baixa. O Brasil está no ponto mais baixo", justificou. Mujica foi o orador do 21 de Abril, data da entrega da Medalha da Inconfidência, a mais alta homenagem do governo de Minas Gerais.

O ex-presidente do Uruguai recebeu o mais alto grau da medalha, o Grande Colar. Durante a cerimônia, ao acessar o palanque de autoridades ao lado do governador Fernando Pimentel (PT), Mujica recebeu uma bandeira do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), que levou cerca de 3 mil integrantes a Ouro Preto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos