Peemedebista diz que PT está treinando para ser oposição

Brasília - Após quase quatro horas de sessão na Comissão Especial do Impeachment nesta terça-feira, 26, boa parte delas dedicada ao debate sobre a indicação do tucano Antonio Anastasia (MG) para a relatoria do processo, peemedebistas ironizaram os esforços de senadores do PT que, isolados, não conseguiram vencer nenhuma das discussões.

Um dos senadores da cúpula do PMDB afirmou que a discordância por parte dos petistas já era esperada. "Eles estão treinando para ser oposição", ironizou. A indicação de Anastasia foi feita pelo Bloco de Oposição, segundo maior bloco partidário do Senado, e referendada pelo PMDB, que sozinho compõe o bloco da maioria.

Nesta tarde, os petistas alongaram a sessão com uma sequência de questionamentos e recursos, todos no intuito de barrar Anastasia e conseguir mais prazo para a presidente no processo. As ações foram muito similares à chamada "obstrução", estratégia usada pelos partidos de oposição para tentar frear votações que favorecem o governo.

Com uma aliança praticamente já anunciada, em um eventual governo do vice-presidente Michel Temer, o PMDB assume a situação e o PSDB deve integrar a base. Do outro lado, o PT sairia do governo para liderar a oposição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos