Temer deixa encontro com Renan e Aécio sem dar declarações

Brasília - O vice-presidente da República, Michel Temer, deixou no início da tarde desta quarta-feira, 27, a residência oficial do Senado, onde se reuniu com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador Aécio Neves (PSDB-MG). O encontro dos três durou cerca de 20 minutos. Renan fez questão, contudo, de abrir as portas da residência para que cinegrafistas e fotógrafos registrassem o momento.

Antes de Aécio chegar ao local, às 12h23, Temer esteve reunido, sozinho, com o presidente do Senado por cerca de uma hora e vinte minutos. Na entrada e na saída, o vice-presidente não deu declarações.

A reunião entre os três ocorre um dia depois de Renan se reunir com a presidente Dilma Rousseff. Na pauta do encontro de terça-feira, 26, entre Dilma e Renan, os procedimentos de votação do processo no Senado e o tema da antecipação das eleições, que está em discussão pelo PT e por parte dos integrantes do governo.

Nas rodadas de conversas, o presidente do Senado também se encontrou na terça-feira com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocasião em que também tratou sobre os cenários de discussão da proposta que prevê novas eleições gerais em outubro e o impeachment.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo apurou, apesar dos apelos de Lula e Dilma, lideranças do Congresso avaliam ser pequena a possibilidade de uma votação do projeto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos